Especial: Os recordes do tênis - parte 2

Sobre o tênis Sep 28, 2017

Essa é a segunda parte de nosso especial sobre os recordes do tênis. Continuaremos nossa lista com números impressionantes sobre títulos, jogos vencidos e outros recordes interessantes!

Títulos

Simples Masculino

  • Mais títulos: Jimmy Connors - 109
  • Mais títulos no saibro: Rafael Nadal - 53
  • Mais títulos na grama: Roger Federer - 17
  • Mais títulos num mesmo torneio: Rafael Nadal - 10 (em Roland Garros)
  • Mais títulos seguidos num mesmo torneio: Rafael Nadal - 8 (em Monte Carlo, entre 2005-2012)
  • Mais anos seguidos com ao menos um título: Roger Federer - 15 anos (entre 2001-2015)
  • Mais anos seguidos com ao menos cinco títulos: Jimmy Connors - 9 anos (entre 1972-1980)
  • Mais anos seguidos com ao menos 10 títulos: Roger Federer - 3 anos (entre 2004-2006)
  • Mais títulos antes de completar 20 anos: Bjorn Borg e Rafael Nadal - 16
  • Mais títulos antes de completar 25 anos: Bjorn Borg - 59
  • Mais títulos de Masters 1000: Novak Djokovic - 30
  • Mais títulos de ATP Finals: Roger Federer - 6
  • Mais títulos seguidos de ATP Finals: Novak Djokovic - 4 (entre 2012-2015)

Duplas Masculino

  • Mais títulos: Mike Bryan - 114
  • Mais títulos de uma parceria: Bob Bryan e Mike Bryan - 112
  • Mais títulos de Masters 1000 de uma parceria: Bob Bryan e Mike Bryan - 36

Jogos Vencidos

Simples

  • Mais vitórias na carreira: Jimmy Connors - 1.242
  • Mais vitórias numa temporada: Guillermo Vilas - 131 (em 1972)
  • Mais vitórias em Masters 1000: Roger Federer - 330
  • Mais vitórias sobre nº 1 do ranking: Boris Becker e Rafael Nadal - 19
  • Mais vitórias sobre Top 10 numa temporada: Novak Djokovic - 31 (em 2015)
  • Melhor percentual de vitórias na carreira: Novak Djokovic - 82,9% (752v-155d)
  • Melhor percentual de vitórias numa só temporada: John McEnroe - 96,3% (82v-3d em 1984)

Séries Invictas

  • Vitórias: Guillermo Vilas - 46 (em 1977)
  • Vitórias no saibro: Rafael Nadal - 81 (entre 2005-2007)
  • Vitórias na grama: Roger Federer - 65 (entre 2003-2008)
  • Vitórias no piso sintético: Roger Federer - 56 (entre 2005-2006)
  • Vitórias sobre Top 10: Roger Federer - 26 (entre 2003-2005)
  • Vitórias em Masters 1000: Novak Djokovic 31 (em 2011)
  • Vitórias de simples na Copa Davis: Bjorn Borg - 33 (entre 1973-1980)

Mais longos


A partida de tênis profissional mais demorada da história aconteceu no torneio de Wimbledon de 2010, em que o norte-americano John Isner derrotou o francês Nicolas Mahut, por 6/4 3/6 6/7 7/6 70/68, com o tempo de 11 horas e 5 minutos, válida pela primeira rodada e que durou três dias para ser finalizada (22 a 24 de junho). Tal jogo também bateu o recorde de games totais disputados, com 183. A marca anterior era de 112 games, na partida em que Pancho Gonzalez venceu Charles Pasarell, também em Wimbledon, em 1969, por 22/24, 1/6, 16/14, 6/3 e 11/9.

O segundo jogo mais longo foi disputado entre o brasileiro João Souza e o argentino Leonardo Mayer, pela primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis de 2015, que durou 6h43 e teve o placar de 7/6, 7/6, 5/7, 5/7 e 15/13 em favor de Mayer.

Em Roland Garros em 2004, Fabrice Santoro derrotou Arnaud Clement, ambos franceses, por 6/4, 6/3, 6/7 (5/7), 2/6 e 16/14, com o tempo de 6h35, descontada a paralisação por falta de luz de um dia para outro.

Na Copa Davis de 1982. John McEnroe derrotou Mats Wilander por 9/7, 6/2, 15/17, 3/6 e 8/6, após 6h22 (este tempo não contabiliza a pausa de 15 minutos entre os terceiro e quarto sets, regulamentar àquela época). Em 1987, o mesmo McEnroe perdeu para Boris Becker em 6h21.

Tie-Break

A parcial de 20-18 é a mais longa já disputada no circuito profissional. Ela já se repetiu seis vezes desde a introdução do tiebreak, em 1970:

  • 2007: Andy Roddick v. Jo-Wilfried Tsonga, 6/7 (18/20) 7/6(2) 6/3 6/3, no Australian Open
  • 2006: Jose Acasuso v. Bjorn Phau, 7/5 7/6 (20/18), em Toronto
  • 2004: Roger Federer v. Marat Safin, 6/3 7/6 (20/18), em Houston
  • 1997: Goran Ivanisevic v. Greg Rusedski, 4/6 6/4 7/6 (20/18), em Queen's
  • 1993: Goran Ivanisevic v. Daniel Nestor, 6/4 7/6 (7/5) 7/6 (20/18), US Open
  • 1973: Bjorn Borg v. Premjit Lall, 6/3 6/4 9/8 (20/18), em Wimbledon
  • Mais tie-breaks vencidos numa temporada: John Isner (42, em 2014)
  • Mais vitórias seguidas em tie-breaks: Andy Roddick - 18 (em 2007)
  • Vencedor de um tiebreak saindo de 0-6: Todd Woodbridge contra Brad Gilbert, por 9-7, em Sydney-1990, e Jan Siemerink contra Richard Krajicek, por 10-8, no US Open-1994

Outras Marcas

  • Maior prêmio numa só temporada: Novak Djokovic - US$ 21.592.125 (em 2015)
  • Mais jogos de simples disputados na carreira: Jimmy Connors - 1.497
  • Mais jogos de simples disputados numa temporada: Guillermo Vilas - 146 (em 1972)
  • Mais torneios de simples disputados na carreira: Fabrice Santoro - 437
  • Mais finais de simples disputadas: Jimmy Connors - 163
  • Mais finais de simples de Masters 1000 entre mesmos jogadores: Novak Djokovic-Rafael Nadal - 12
  • Mais finais de simples entre os mesmos jogadores: Novak Djokovic x Rafael Nadal - 24
  • Mais jogos de simples entre os mesmos jogadores: Rafael Nadal x Novak Djokovic - 49
  • Mais sets consecutivos vencidos: Jimmy Connors - 50 (em 1976)
  • Melhor início de temporada: Novak Djokovic - 44 vitórias consecutivas (em 2011)

Qual recorde você acha mais impressionante? Conta para a gente nos comentários

Tags

Nill Cavalcante

Relações públicas e especialista em mídias sociais e corresponsável pelo blog da Lptennis. Seu sonho é parar de perder pontos por foot fault e sair da quadra com a mesma calma que entrou

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.