Dicas de alimentação para jogadores de tênis

Saúde Jun 29, 2017

O tênis é um esporte caracterizado por exercícios de alta intensidade, velocidade e explosão, durante partidas que podem durar horas.

A longa duração dos jogos, o curto tempo de recuperação entre um game e outro, além da constante tolerância ao calor requerem ativação do sistema aeróbio para fornecimento de energia, no caso o carboidrato e a gordura são utilizados como combustíveis.

Gasto calórico

Segundo a Dra. Camila Homsi, nutricionista clínica e esportiva, durante o jogo, o gasto calórico de jogadores de tênis recreativo varia de 5 a 11 calorias por minuto em partidas simples e de 3 a 7 calorias por minuto em partidas de duplas. Já jogadores de tênis competitivo podem gastar de 6,4 a 14,4 calorias por minuto de atividade.

A nutricionista afirma ainda que tanto a dieta do tenista amador quando do competitivo deve promover um balanço dessa perda calórica, a partir do consumo adequado de calorias em refeições balanceadas que favoreça crescimento e desenvolvimento adequado, regulação metabólica, equilíbrio dos sistemas imunológico e endócrino, recuperação muscular, boa performance e saúde.

Importância da alimentação balanceada

Tendo como base esse cenário a alimentação antes, durante e após cada jogo se torna essencial para garantia de uma melhor performance.

Um bom exemplo disso é o conhecido caso do tenista Novak Djokovic, que credita seu ano mágico de 2011 à dieta na qual aboliu o glúten, rendendo até um livro chamado “Sirva para vencer - a dieta sem glúten para a excelência física e mental”.

Até essa virada em sua carreira, o tenista sérvio tinha problemas recorrentes em quadra, culminando com episódios de problemas estomacais, como durante as quartas de final do Aberto da Austrália de 2010.

Após esse episódio, o sérvio descobriu ser intolerante a glúten, seguindo uma dica do seu médico, Dr. Cetojevic, que elaborou uma dieta gluten-free para o tenista, sendo determinante para sua melhora em quadras.

O que comer antes dos jogos

É recomendável que o tenista antes de cada jogo ou período de treino intenso, escolha alimentos ricos em carboidratos, moderados em proteína e com pouca gordura, para facilitar a digestão e absorção dos nutrientes pelo organismo.

Juntamente à alimentação, uma outra recomendação é a hidratação, na qual deve ser ingerido cerca de 500ml de líquidos 2 horas antes do período de atividade. Entre as bebidas recomendadas estão: água, água de coco, sucos naturais e isotônicos.

A boa alimentação fará com que seu corpo acumule a energia necessária para a velocidade, força e resistência, melhorando seu desempenho em quadra. Evitará ainda a fadiga, fraqueza, tonturas, câimbras e dores de cabeça.

Entre as dicas de alimentos para consumir:

  • Farinha de aveia com frutas – a aveia fornece energia e a adição de frutas dá um upgrade nessa energia
  • Sanduíche de banana
  • Frutas
  • Snacks e pequenos sanduíches
  • Pão Integral com queijo branco
  • Iorgurte natural desnatado
  • Cereais Matinais ou granola com frutas e mel
  • Saladas

O que comer durante o jogo

Caso a alimentação antes da atividade tenha sido feita corretamente, priorizando a ingestão de carboidratos, não há a necessidade de reposição antes de 60 minutos do exercício. Mas caso contrário, a ingestão do carboidrato se faz necessária para evitar os sintomas como fadiga e estresse muscular.

Repositores hidroeletrolíticos e bebidas que apresentam concentração de carboidratos (maltodextrina ou bebidas que são misturas de glicose, frutose e sacarose) são boas opções, assim como géis energéticos e frutas como a banana, a qual vemos com frequência nas quadras. Açucares em pequenas quantidades também podem ser inseridos.

O que comer após o jogo

O tenista deve optar pela ingestão de carboidratos simples, como massas e pães, para reabastecimento da energia, pois são rapidamente absorvidos pelas células.

Caso tenha um jogo no mesmo dia, essa reposição é essencial a fim de garantir a manutenção de energia e evitar o desgaste físico. Uma sugestão é o consumo de pequenas quantidades de proteína, para auxiliar a recuperação celular.

Em todo caso, a visita a um nutricionista pode ajudar a estabelecer uma dieta adequada para cada tipo de organismo.

Não faça como Nick Kyrgios (veja o vídeo)

E você o que costuma a comer no período de jogos e treinos? Conta para a gente nos comentários.

Tags

Nill Cavalcante

Relações públicas e especialista em mídias sociais e corresponsável pelo blog da Lptennis. Seu sonho é parar de perder pontos por foot fault e sair da quadra com a mesma calma que entrou

Great! You've successfully subscribed.
Great! Next, complete checkout for full access.
Welcome back! You've successfully signed in.
Success! Your account is fully activated, you now have access to all content.