Você conhece a Lptennis?

Automatize completamente seus rankings, torneios, barragens e faça gestão de aulas, locações, agenda de quadras e financeiro de maneira prática e rápida. Os jogadores tem uma rede social exclusiva do tênis e possuem painel de desempenho, H2H e histórico de jogos.


Suplementação para o Tenista

Em um mundo tão competitivo quanto o do tênis, produtos que ajudam a melhorar a capacidade e performance do atleta são cada dia mais procurados.

Hoje em dia, a equipe técnica de um tenista de elite é multidisciplinar e conta com profissionais como nutricionistas, fisiologistas e psicólogos. Alimentação e suplementação são assuntos extremamente importantes e que podem fazer uma grande diferença tanto na saúde, quanto no jogo em si.

Os suplementos na rotina do tenista podem trazer muitos benefícios. Eles auxiliam na obtenção do rendimento máximo além de ser uma alternativa mais viável para a constante locomoção entre torneios.

O tênis intercala movimentos explosivos de alta intensidade e curta duração com períodos de recuperação. A duração das partidas também varia bastante, com média de uma hora até cinco horas. Estas e outras características da modalidade, como a natureza competitiva do esporte e suas altas exigências fisiológicas, aumentam as necessidades nutricionais dos tenistas, demandando cuidados vigorosos com todos os nutrientes. Para compensar o gasto calórico e garantir que os nutrientes essenciais para o desempenho ideal estejam presentes em sua dieta diária, o atleta deve combinar alimentação e suplementação.

Portanto, uma alimentação e suplementação adequada durante os períodos de treinamento e competição são fundamentais não somente para maximizar o desempenho, mas também para a recuperação e a manutenção da saúde.

As escolhas e doses dos suplementos variam muito de acordo com o peso do atleta, idade, rotina de treinos e objetivos físicos e de composição corporal. Segue abaixo os suplementos e repositores mais comuns na rotina do tenista são:

Repositores Energéticos e Bebidas Esportivas

A reposição de carboidratos melhora o desempenho e pode retardar a fadiga, uma vez que o tênis é um exercício intermitente e de alta intensidade. Essa reposição ainda previne a queda da glicemia após 1 hora e meia de treino ou jogo. As bebidas esportivas prontas conferem uma proporção de 6% de carboidrato e oferecem também a reposição de sódio. Os carboidratos em pó devem ser dissolvidos em água na proporção de 6 a 8% e devem preferencialmente misturar glicose, frutose e sacarose. A reposição de carboidratos recomendada é de 30 a 60g por hora.

Os famosos sachês que os tenistas utilizam em cada virada de ponto em momentos de descanso são exemplos de concentrados de carboidratos.

Nesse vídeo você pode ver por volta dos 0:30 segundos, Rafael Nadal em seu ritual consumindo o sachê de gel.

Repositores Eletrolíticos

Reposição de sódio e outros eletrólitos para tenistas que têm elevada taxa de sudorese com perdas excessivas desses minerais, o que pode levar à desidratação, câimbras e perda de rendimento. A inclusão de sódio nas bebidas reidratantes promove maior absorção de água e carboidratos pelo intestino durante e após as partidas.

Proteínas

Suplementos proteicos como Whey Protein, albumina (da clara do ovo) e Rice Protein (proteína vegetal) promovem melhor recuperação e ganho muscular. Estudos recomendam que o uso desses suplementos esteja de acordo com a ingestão diária total de proteínas (considerando o aporte proteico proveniente também da alimentação). O consumo adicional destes suplementos proteicos acima das necessidades diárias não promove ganho de massa muscular ou melhora do rendimento.

Pós-treino

Suplementos em pó que combinam carboidratos e proteínas na proporção ideal para recuperação de energia e dos músculos após partidas de longa duração.

Creatina

Suplemento com possível efeito ergogênico, com consequente aumento da resistência ao esforço em exercícios de alta intensidade e aumento da massa muscular. Entretanto, sua eficiência se aplica apenas a tenistas que possuem baixo aporte da creatina alimentar (vegetarianos, por exemplo). Só se justifica sua utilização, portanto, para tenistas competitivos com necessidades específicas e mediante uma avaliação de um nutricionista.

Cafeína

Melhora o desempenho do tenista em jogos de máxima intensidade ou de longa duração. Sua ação no sistema nervoso reduz a percepção do esforço e aumenta a resistência a partidas de longa duração.

Vitamina C e E

O consumo de vitaminas C e E é recomendado para tenistas de alto rendimento, proporcionando melhor resposta imunológica e antioxidante (vitamina C) e aprimorando a ação antioxidante (vitamina E).

Esses são alguns dos produtos mais utilizados no circuito e são boas dicas também para tenistas amadores.
Vale lembrar que o conteúdo deste texto não substitui um atendimento personalizado que atenda as necessidades específicas e particularidades de cada um. É de extrema importância a procura de um nutricionista para individualizar o plano alimentar.

Artigo escrito em parceria com a Nutricionista Michelle Fischer Graduada em Nutrição desde 2003. Especialista em Nutrição Clínica (Nutrição Humana na Prática Clínica). Nutricionista clinica em consultório e personal diet.

Nill Cavalcante

Relações públicas e especialista em mídias sociais e corresponsável pelo blog da Lptennis. Seu sonho é parar de perder pontos por foot fault e sair da quadra com a mesma calma que entrou

São Paulo, Brazil http://Lptennis.com

Você conhece a Lptennis.com?


Automatize completamente seus rankings, torneios, barragens e faça gestão de aulas, locações, agenda de quadras e financeiro de maneira prática e rápida. Os jogadores tem uma rede social exclusiva do tênis e possuem painel de desempenho, H2H e histórico de jogos.

Saiba mais em Lptennis.com




Inscreva-se no Blog da Lptennis.com

Receba nossos artigos e atualizações diretamente no seu e-mail.

ou inscreva-se via RSS com o Feedly!