Você conhece a Lptennis?

Automatize completamente seus rankings, torneios, barragens e faça gestão de aulas, locações, agenda de quadras e financeiro de maneira prática e rápida. Os jogadores tem uma rede social exclusiva do tênis e possuem painel de desempenho, H2H e histórico de jogos.


Mudança de regras na Copa Davis

O torneio de nações de tênis pode, enfim, sofrer mudanças em suas regras a partir de agosto desse ano. Diretores da Federação Internacional de Tênis (ITF) aprovaram, no mês passado, mudanças na Copa Davis.

A proposta ainda precisa ser aceita em assembleia, que acontece em Ho Chi Minh City, no Vietnã, em agosto. Entre as principais mudanças, ventila-se a possibilidade de abandonar o melhor de cinco sets e passar a usar melhor de três, nos jogos de simples.

O formato de eliminatórias de três dias seria mantido, com as duplas sendo disputadas aos sábados, em disputa de melhor de cinco. Outros pontos levantados durante o encontro foram a possível diminuição de custos para países sedes das disputas, além da ideia de que os vencedores do campeonato individual poderão escolher o local onde jogarão no ano seguinte.

No encontro foi sugerido também que a final passa a ter uma sede fixa, no mesmo modelo do ATP Finals, independente das nações que chegarem a esta etapa. O grande objetivo desta mudança e atrair a atenção das grandes estrelas, que por vezes optam por não disputar a Davis em virtude do calendário. Tal medida pode inclusive atrair maior público para o evento.

Segundo David Haggerty, presidente da ITF, as propostas são significativas e necessárias. “A Copa Davis e a Fed Cup são duas das competições mais emblemáticas por equipe no esporte, mas não há dúvida de que é necessária uma mudança para garantir que se maximize todo o seu potencial”, afirmou.

O que muda na prática

O calendário do tênis é reconhecidamente desgastante e por vezes a Copa Davis fica relegada em detrimento de outros torneios. Com algumas adaptações em seu calendário nos últimos anos, a Davis voltou a chamar a atenção das estrelas do tênis e alguns procuram participar de todos os confrontos possíveis, como os casos de Andy Murray (campão pela Grã-Bretanha em 2015) e Novak Djokovic (campeão pela Sérvia em 2010).

As medidas propostas buscam evitar o desgaste nas partidas de simples e simular situações que se pareçam mais com os formatos adotados na grande maioria dos torneios ATP, deixando a disputa melhor de cinco sets apenas para os Grand Slam.

Jogos com menor duração tem maior apelo na grade televisiva, obtendo assim maior público e alcance.

E você o que achou das mudanças sugeridas? Alguma outra que acha que devia ser votada? Conta para a gente nos comentários

Nill Cavalcante

Relações públicas e especialista em mídias sociais e corresponsável pelo blog da Lptennis. Seu sonho é parar de perder pontos por foot fault e sair da quadra com a mesma calma que entrou

São Paulo, Brazil http://Lptennis.com

Você conhece a Lptennis.com?


Automatize completamente seus rankings, torneios, barragens e faça gestão de aulas, locações, agenda de quadras e financeiro de maneira prática e rápida. Os jogadores tem uma rede social exclusiva do tênis e possuem painel de desempenho, H2H e histórico de jogos.

Saiba mais em Lptennis.com




Inscreva-se no Blog da Lptennis.com

Receba nossos artigos e atualizações diretamente no seu e-mail.

ou inscreva-se via RSS com o Feedly!