Você conhece a Lptennis?

Automatize completamente seus rankings, torneios, barragens e faça gestão de aulas, locações, agenda de quadras e financeiro de maneira prática e rápida. Os jogadores tem uma rede social exclusiva do tênis e possuem painel de desempenho, H2H e histórico de jogos.


Tudo sobre a nova geração e a corrida até Milão

Futuro. Esta palavra certamente foi pauta de muitas discussões para a Associação de Tenistas Profissionais, a ATP, que organiza as principais competições do tênis profissional. É de conhecimento de todos que algumas das estrelas estão atingindo o estágio final de suas carreiras e, as duas principais, já passam dos 30 anos, casos de Roger Federer (36) e Rafael Nadal (31). Novak Djokovic, Andy Murray e Stan Wawrinka também estão na casa dos trinta e enfrentam seguidas contusões que, inclusive, abreviaram suas temporadas.

Renovar é preciso

Face à necessidade de renovação, nesta temporada foi criado um ranking exclusivo para tenistas jovens, as revelações da modalidade, que em novembro, disputarão um torneio no formato do Finals, dedicado a tenistas até 21 anos. O Next Gen ATP Finals, torneio que não contará pontos para o ranking, reunirá uma série de talentos da nova geração que já dão mostras do lugar de destaque que podem alcançar no futuro, como o caso do alemão Alexander Zverev, primeiro classificado para o torneio, que já ocupa a quarta colocação do ranking. Zverev é o maior exemplo de uma geração de tenistas que veio para mostrar seu real valor e, quem sabe, substituir seus ídolos no futuro. Fã confesso de Roger Federer, Sascha, como é conhecido no circuito, só nessa temporada já faturou cinco títulos e é sempre apontado como um dos principais favoritos dos torneios que disputa.

Direitos de imagem da ATP

Entre outros nomes de destaque estão o croata Borna Coric, um dos primeiros que surgiu bem da nova geração e enfrentou problemas com contusões. O canadense Denis Shapovalov, grande surpresa da segunda metade da temporada, além dos russos Andrey Rublev, Karen Khachanov e Daniil Medvedev. Para se ter uma ideia, na primeira edição da Laver Cup, torneio que reuniu tenistas europeus contra tenistas do resto do mundo, nomes da Next Gen integraram os dois times (Frances Tiafoe e Shapovalov pelo time mundo e Alexander Zverev pelo time Europa).

Inovação no regulamento

Direitos de imagem da ATP

Jogado numa quadra de simples (a exemplo do Masters de Lisboa de 2000 conquistado por Gustavo Kuerten), o torneio apresentará algumas inovações no regulamento. Todas as partidas serão disputadas em melhor de cinco sets, porém o set vai até quatro games (com tie break em caso de empate de 3-3). Também não haverá vantagem. O tempo de aquecimento também foi reduzido para cinco minutos, assim como implementado um relógio para que a regra de 25 segundos entre um ponto e outro seja respeitada. Ainda sobre as interrupções, somente um pedido médico é permitido na partida.

Neste torneio outra inovação instituída será o fim do ‘let’ nos saques, ou seja, se um serviço bater na fita e cair dentro da quadra a bola estará em jogo, algo similar o que é adotado no vôlei. A comunicação entre tenistas e técnicos será permitida durante alguns determinados períodos da partida, porém os técnicos não poderão entrar na quadra. Os fãs poderão circular livremente durante as partidas, para criar um clima mais amistoso em cada jogo. Haverá uma série de interações no complexo que abrigará o evento.
Todas as mudanças sugeridas para esse torneio são frutos de pesquisas feitas pela ATP com fãs e consumidores de tênis de diversos países.

“Estamos ansiosos para trazer algo novo à mesa com este evento. O cenário de esportes e entretenimento está mudando rapidamente, assim como as maneiras pelas quais os fãs estão consumindo nosso esporte. Este evento não é apenas sobre a próxima geração de jogadores, mas também sobre a próxima geração de fãs. Criamos esse novo torneio precisamente para nos permitir analisar alguns novos elementos potenciais, em um ambiente altamente qualificado. Continuamos conscientes das tradições em nosso esporte e garantiremos a integridade do nosso produto quando avaliarmos se as mudanças eventualmente serão transferidas para eventos da ATP no futuro.” afirma Chris Kernmode, presidente da ATP.

A nova geração do tênis entra em quadra entre os dias 07 e 11 de novembro em Milão. Esse novo formato pode reacender discussões sobre as regras do tênis, mas não há dúvidas que o modelo sugerido é atraente para os fãs do tênis, sobretudo no tocante às interações e na criação de uma atmosfera que transcende as quadras. Vale a pena conferir!

E você o que achou do formato? Qual seu tenista favorito da nova geração? Conte para a gente nos comentários.

Nill Cavalcante

Relações públicas e especialista em mídias sociais e corresponsável pelo blog da Lptennis. Seu sonho é parar de perder pontos por foot fault e sair da quadra com a mesma calma que entrou

São Paulo, Brazil http://Lptennis.com

Você conhece a Lptennis.com?


Automatize completamente seus rankings, torneios, barragens e faça gestão de aulas, locações, agenda de quadras e financeiro de maneira prática e rápida. Os jogadores tem uma rede social exclusiva do tênis e possuem painel de desempenho, H2H e histórico de jogos.

Saiba mais em Lptennis.com




Inscreva-se no Blog da Lptennis.com

Receba nossos artigos e atualizações diretamente no seu e-mail.

ou inscreva-se via RSS com o Feedly!