Você conhece a Lptennis?

Automatize completamente seus rankings, torneios, barragens e faça gestão de aulas, locações, agenda de quadras e financeiro de maneira prática e rápida. Os jogadores tem uma rede social exclusiva do tênis e possuem painel de desempenho, H2H e histórico de jogos.


O balé a favor do tênis

Todo tipo de dança ajuda a estimular diversos tipos de movimentos do corpo, além de auxiliar no equilíbrio e no ganho de flexibilidade. No tênis, a dança clássica pode estar presente no movimento de saque nos jogadores e nos saltos para executar os golpes, por exemplo.

A leveza do balé e de seus passos pode fazer parte da preparação dos atletas. No Japão, por exemplo, aulas de balé são incorporadas ao treinamento competitivo, no qual o tenista passa grande parte do tempo em estúdios, para depois ingressar nas quadras. Conhecida como bailarina do tênis, Maria Esther Bueno conquistou, nas décadas de 50 e 60, 19 títulos de Grand Slam. A maior tenista brasileira explica porque ganhou o apelido na época:

"Foi pela forma como eu jogava, a harmonia dos movimentos, o equilíbrio perfeito das mãos, da raquete, do corpo. Alguns anos atrás alguns preparadores físicos introduziram a dança e o balé para ajudar na preparação do tênis. O balé é a modalidade de dança mais completa que existe. E podemos expandir todo o aprendizado do ballet para outros esportes e também para a vida."

A bailarina profissional Renata Domiciano, de 24 anos, afirma que a flexibilidade adquirida no balé faz o tenista ganhar muitos pontos logo na largada. Um bom alongamento permite o profissional ter maior alcance em suas rebatidas e manter sua musculatura protegida de outros impactos do esporte.

O classico plié, passo número 1 e base de todo o balé, possui o mesmo fundamento no tênis, proporcionar bons saltos e resistência para uma longa partida. “O plié favorece a musculatura das coxas dando força ao tenista e o protegendo de desgaste nos joelhos” conta Renata.

Um dos maiores tenistas da década de 80, o tcheco Ivan Lendl também usou a dança como parte do treinamento para melhorar a agilidade e leveza dos movimentos dos pés. Até os movimentos do suíço Roger Federer já foram comparado pelo jornal americano New York Times aos do russo Mikhail Baryshnikov, um dos maiores bailarinos da história.
A grande herança do balé que pode ser levada para as quadras definitivamente é o jogo de pernas. O tenista precisa de explosão e força para que possa chegar em todas as bolas, trocar de direção e executar os saltos necessários para dar maior potência aos seus golpes.

Bailarinos são reconhecidos pela força de suas pernas para a execução de movimentos complexos como saltos e giros.
Segundo Renata, os saltos como souté, changement e glicé combinados com relevé ajudam o tenista em seus grandes saltos e impulsos também, pois tonifica a panturrilha e a tíbia, possibilitando a maior velocidade em quadra.

Para os braços, a coordenação adquirida no balé entre as pernas, braços, cabeça e música ajudam muito em todos os movimentos que o tenista precisa, como segurar sua raquete, rebater a bola e se locomover.

Mesmo que não seja comum ver um tenista executar piruetas, os giros realizados no balé fazem com que aumente seus reflexos e a dinâmica em quadra, pois ajuda a entender onde é seu centro gravitacional.

O balé embora traga muita delicadeza é uma modalidade de concentração, disciplina e resiliência. Qualidades essenciais para um bom tenista.

Além de jogar você também arrisca alguns passos? Conta para a gente nos comentários

Texto produzido em parceria com a bailarina Renata Domiciano de Paula

Nill Cavalcante

Relações públicas e especialista em mídias sociais e corresponsável pelo blog da Lptennis. Seu sonho é parar de perder pontos por foot fault e sair da quadra com a mesma calma que entrou

São Paulo, Brazil http://Lptennis.com

Você conhece a Lptennis.com?


Automatize completamente seus rankings, torneios, barragens e faça gestão de aulas, locações, agenda de quadras e financeiro de maneira prática e rápida. Os jogadores tem uma rede social exclusiva do tênis e possuem painel de desempenho, H2H e histórico de jogos.

Saiba mais em Lptennis.com




Inscreva-se no Blog da Lptennis.com

Receba nossos artigos e atualizações diretamente no seu e-mail.

ou inscreva-se via RSS com o Feedly!